Bruno Heim
5 de setembro de 2018 11:09

Conspiração Terrorista: tudo sobre este incrível filme de ação do Netflix

Conspiração Terrorista (Unlocked, em inglês) é um filme ambíguo. A película despertou diferentes posicionamentos e interesses após seu lançamento nos cinemas, em março de 2017.

A produção britânica, distribuída pelo Netflix tem um roteiro repetido, mas que suscita uma temática atual e relevante: terrorismo.

Além disso, o papel principal é de uma mulher, espiã, assassina e fugaz, quebrando o estereótipo do herói bonitão, salvador da pátria, fórmula clássica do cinema.

Conspiração Terrorista: Introdução

Como diz o título, o filme retrata uma conspiração internacional que envolve o alto escalão das agências de inteligência mundiais. A CIA, o MI5, MI6, e até a KGB são infiltrados por uma rede de corrupção.

Uma especialista em interrogatórios, frustrada e desacreditada é obrigada a desmantelar, sozinha, os planos de um novo ataque biológico. Dá-se início a uma corrida contra o tempo para impedir que milhares de inocentes morram.

Com um elenco de peso, Conspiração Terrorista aposta no heroísmo e na luta da democracia versus tirania para alavancar seu enredo.

Elenco

Fortes nomes da dramaturgia de Hollywood compõem o elenco de Conspiração Terrorista.

Encabeçados por John Malkovich, a lista de pesos-pesados segue com Michael Douglas, Orlando Bloom e Toni Collette.

A protagonista é Noomi Rapace, de Prometheus.

O aclamado John Malkovich tem uma extensa lista de filmes de sucesso e prêmios, incluindo nomeações ao Oscar. É um dos poucos que pode ter o luxo de dizer que há um filme inteiro dedicado a si próprio. ‘Quero ser John Malkovich’ (1999) é um clássico do cinema alternativo intelectualóide.

Michael Douglas, ganhador de dois Oscars, tem uma lista imensa de sucessos. Dentre eles, destacam-se Wall Street, Assédio Sexual e como produtor de Um Estranho no Ninho.

Orlando Bloom ganhou notoriedade por seu papel como Legolás, o elfo arqueiro de Senhor dos Anéis.

Toni Collette é uma atriz bastante reconhecida. Tem uma indicação ao Oscar e personagens famosos em filmes como O Sexto Sentido e Pequena Miss Sunshine.

A direção é do veterano Michael Apted (007 – O Mundo Não é o Bastante e As Crônicas de Nárnia). O roteiro ficou a encargo de Peter O’Brien .

Enredo

Alice Racine (Noomi Rapace) é uma operativa da CIA na Europa, especializada em interrogatórios. Em 2012, Alice não conseguiu impedir um atentado terrorista em Paris, que acarretou a morte de vários civis. Traumatizada, ela saiu da ativa.

No entanto, uma nova ameaça terrorista vem à tona.

A divisão da CIA na Europa, chefiada por Bob Hunter (John Malkovich) desvenda uma possível rede de mensageiros entre o líder religioso islâmico, chamado de Imame, e o terrorista.  Esses mensageiros carregam as orientações para o ataque.

Contudo, após capturar um jovem islâmico acusado de ser um dos mensageiros do Imame, Alice Racine é re-convocada para interrogá-lo. O objetivo é descobrir a mensagem e substituir o mensageiro, com uma nova informação que impeça o ataque.

O mensageiro

Entretanto, Racine descobre que a equipe que a convocou não é a verdadeira responsável por desvendar o atentado. Desse modo, ela percebe que é um alvo e está marcada para morrer. Alice, então, começa a notar que está no meio de uma rede conspiratória que envolve os altos figurões da inteligência.

Sem saber em quem confiar, ela recorre ao seu antigo mentor e chefe, Eric Lasch (Michael Douglas) que acaba sendo alvejado pelos bandidos que a perseguem.

Em meio aos tiros e perseguições, Alice encontra Jack Alcott, um ex-oficial da Marinha inglesa que a ajuda a escapar.

Racine, então, inicia uma caçada ao terrorista, na busca de impedir o atentado e desvendar a rede conspiratória da CIA. Para isso, recorre a Emily Knowles, chefe do MI5 inglês.

Por fim, Alice descobre o alvo do atentado. O terrorista visa liberar, via aérea, uma cepa mortal de um vírus geneticamente modificado na Europa oriental.

Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more
Imagem: Reprodução Trailer Netflix (Conspiração Terrorista 2017)more

Crítica

Com muitas reviravoltas e personagens que não são quem aparentam ser, o thriller Conspiração Terrorista tem pontos positivos e validade artística.

Apesar de sofrer uma chuva de críticas negativas pela mesmice do roteiro e direção pouco inovadora, o filme merece crédito por apostar em uma mulher para um papel costumeiramente oferecido aos homens.

Não obstante, é impossível não notar os pontos extremamente fracos do enredo.

Com destaque, Orlando Bloom está completamente deslocado na trama. Apesar do físico impecável, muito diferente do franzino Legolás pelo qual ganhou fama, o papel não tem objetivo real.

Alerta de Spoiler!

A cena da morte de Alcott é, com o perdão da palavra, ridícula. É o pior do filme. A ausência de clímax é amadora. O personagem é morto por um indivíduo completamente aleatório à trama que surge de um elevador com dois cães assassinos. Ahn?

Vale a pena assistir?

Apesar dessas falhas, o filme é interessante para quem gosta de tramas conspiratórias. As tentativas meramente mortais de entender o funcionamento das grandes instituições governamentais são sempre válidas.

Não é uma grande obra de arte, mas tem boas atuações e nomes fortes do cinema que não podem ser ignorados. Temática contemporânea e uma protagonista feminina que “bota pra quebrar” é, sem dúvida, estimulante.

No cômputo geral, é um filme de classificação positiva. Um sólido sete. Vale, sim, a pena assistir.

Confira o filme “Conspiração Terrorista” no  Netflix.

Disqus Comments Loading...