Destiny 2 foi confirmado pela Activision nesta sexta feira, com lançamento entre setembro e novembro de 2017. De acordo com a empresa, sequência será mais “fácil e acessível para jogadores casuais” ( ou seja, que não têm muita prática com jogos de tiro).

É de se esperar que Destiny 2 chegue melhor acabado do que seu antecessor, que inclusive foi alvo de críticas negativas na época do seu lançamento, já que a história do jogo não possuía muito nexo, além de ser um tanto superficial. De fato o jogo agrada muito os jogadores no modo multiplayer, em se tratando de combates mas no quesito mais importante do enredo, deixou a desejar.

Mesmo com um enredo fraco, o jogo ainda assim foi um sucesso em vendas, conquistando uma boa parcela de fãs do gênero de ação e tiro.

A Bungie, desenvolvedora do jogo, prometeu que a sequência terá uma história mais consistente e que a trama atrairá também um público mais casual, dando atenção tanto para os atuais fãs da franquia, como para com os aventureiros de primeira viagem.

A empresa ainda não revelou se Destiny 2 permitirá a transferência de personagens do primeiro jogo para o novo e tão pouco para quais plataformas o jogo será lançado.